Mais informacoes e orcamentos pelo telefone - (21) 2268-8958 ou em Nosso Formulario

Vá de Van à festa da Pinga: Relato de um participante da festa

 
Festival da Pinga
 
Em 2015, fomos eu e minha turma aproveitar a festa da pinga. Primeiramente, queríamos ir de carro, cada um com o seu, já que teríamos aonde dormir, uma vez que reservamos um dos diversos hostels da cidade histórica. Mas, em cima da hora, preferimos ir de Van. O aluguel de vans para o Festival da Pinga surgiu como uma alternativa à ida de carro, evitando a estrada Rio-Santos que, mesmo para os experientes, mas não acostumados com ela, é um percurso perigoso. Fomos com a V&V e adoramos o serviço, uma vez que o motorista fez o percurso com total segurança. Saímos na sexta-feira à noite, o que seria mais um fator de risco já que todos trabalhávamos e pegaríamos a estrada cansados.

galpão da festaA distância entre o Rio de Janeiro e Paraty pode parecer pequeno, mas demora um certo tempo pra chegar, o que transforma a viagem cansativa para quem dirige. De van, fomos brincando e já começamos a beber ainda na van. Foi tudo muito tranquilo. Chegamos no fim da noite e aproveitamos a cidade. No dia seguinte, a Van não estava conosco, pois fizemos a opção de ir e voltar apenas. Não nos pareceu necessário e realmente não foi. Fizemos tudo a pé e não precisamos de nenhum tipo de transporte motorizado.

No dia seguinte aproveitamos a cidade e, à época, fizemos um passeio de escuna à tarde que custou R$ 50 por pessoa. Foi muito legal. Voltamos ao hostel e nos preparamos para a festa. O evento é fantástico e cheio. Como é sempre no inverno e Paraty é frio, a festa fica ainda mais atrativa para quem ama cachaça de extrema qualidade e um friozinho. Fui com minha namorada à época, já que hoje estamos casados, e aproveitamos muito.

No domingo à noite voltamos com a Van que, na hora marcada, estava a nossa espera. Na estrada fiquei muito feliz de não ter ido de carro. Pegamos 4 horas de trânsito e o motorista, sempre paciente, fez o caminho ser muito mais tranquilo. Como estávamos em grupo, voltamos nos divertindo e foi tranquilo demais, exceto pela vontade de ir ao banheiro. Bem, nessa hora, pedimos ao nosso amigo motorista para parar no acostamento e usamos o mato disponível. Foi um momento de tensão e risadas, principalmente para as meninas! kkkk

Ao fim do passeio, todos chegamos em casa bem e a salvo. Meu nome é Rafael e eu recomendo a V&V e a Festa da Pinga!

468 ad
V&V